Tecnologias brasileiras podem revolucionar o agronegocio

No último dia 26 de outubro foi realizado o Exame Fórum Agronegócios, em São Paulo. No evento, foram apresentadas diversas tecnologias brasileiras que devem contribuir para melhorar a produção agrícola, entre elas, computação em nuvem e biotecnologia.

Um tablete lançado pela Strider, startup que utiliza software próprio, oferece um programa que pode ser usado tanto conectado à internet como offline, e que ajuda a controlar pragas, aplicações de defensivos e possibilita o monitoramento de fatores como umidade e fertilidade.

Além dele, a XMobots lançou um drone que promete contribuir para que o produtor rural conheça a topografia da propriedade e detectar pragas. Também é possível monitorar o desmatamento na área. A BUG, por sua vez, desenvolve projetos no setor de biotecnologia para controle de pragas com vespas, ovos e parasitoides, por exemplo.

Para ver a entrevista na integra acesse Belagrícola.