Campo x Tecnologia: mais de 200 clientes utilizam o serviço da Strider

Revista Cultivar

Big data, máquinas inovadoras, dados em tempo real. Tudo isso parecia distante das fazendas, mas a necessidade de se aumentar a produtividade no campo, aliada à forte demanda de redução de custos, aproximou o produtor rural da tecnologia, na busca de inteligência para uma tomada de decisão mais assertiva.

Essa evolução da simples coleta de dados para a construção de inteligência agrícola é realidade hoje para os mais de 200 clientes que utilizam o serviço da Strider, numa cobertura de mais de 1.2 milhões de hectares no Brasil e nos Estados Unidos. A empresa, no mercado há quase três anos, aliou tecnologia ao conhecimento do campo e desenvolveu uma ferramenta de gestão e controle para o agronegócio.

Os mapas e relatórios criados pelo sistema trazem informações preciosas, que tornam possível antecipar a tomada de decisões e agir rapidamente, o que é essencial para aumentar a produtividade e reduzir a proliferação das pragas. Essa antecipação pode resultar em aproximadamente 15% de economia com a utilização de defensivos, que representa atualmente o maior custo dos produtores. “O software gera relatórios com média de pragas por área e um mapa de calor que mostra o nível e local exato da infestação, com informações georreferenciadas”, explica o CEO da Strider, Luiz Tângari.

A tecnologia da Strider tem encantado produtores em todos os centros produtivos do país e no exterior, e os produtores que adotaram a ferramenta reconhecem a extrema importância e eficiência do controle de gestão oferecido. Luiz afirma que a empresa está mudando o ramo do agronegócio e que para continuar em expansão, várias outras soluções voltadas para o campo estão sendo desenvolvidas. A meta da Strider ainda para 2016 é triplicar o faturamento, chegando a R$15milhões, e dobrar o alcance de hectares nos Estados Unidos.

Reportagem original: Revista Cultivar